Na sexta-feira, Cristo estava exaurido fisica e emocionalmente! Não teve forças nem para carregaro próprio madeiro.

Lembro-me quando contei esta história para meu filho, Carlo André, que na época, tinha seis anos. Ele chorou copiosamente.

A cruz era uma forma de matar apenas os criminosos que cumpriam pena de morte. Cristo foi considerado criminoso. E foi na cruz que ele bradou em alto e bom som, de tal forma que todo o mundo a volta pode escutar, a pergunta ao Pai, questionando a razão daquele abandono horroroso! Esta é uma lição forte para mim. Muitas vezes não sou capaz de falar da minha sensação de solidão nem para os meus queridos que caminham lado a lado comigo. Diferentemente de Cristo, até digo a todos que estou bem, quando na verdade me sinto só e necessitada de cuidados.

Ele morre. Houve trevas e terremoto na sua morte. Foi retirado da cruz por Jose de Arimatéia e Nicodemos, que tiveram a companhia de poucas pessoas. Entre elas estava sua mãe, Maria e Maria de Magdala, que tinham interesse em ver aonde seu corpo seria colocado. Elas voltariam no domingo para terminarem a preparação do corpo para o sepultamento.

Anúncios