II – O segundo fato que reli, nesta semana que antecede a Páscoa de 2011, é sobre a cura do cego Bartimeu, que ocorreu na cidade de Jericó e foi registrado por Marcos. Que não foi discípulo, mas tudo indica que ele caminhou bem próximo de Jesus, pelo menos nos últimos dias da vida de Cristo. Alguns acham que ele é o jovem rico que Cristo mandou vender tudo que tinha e distribuir aos pobres. O texto está no Evangelho de Marcos 10. 46 a 52

Bartimeu, era cego e não surdo. Ouviu muito bem que algo diferente estava acontecendo. Era muito barulho de pés no chão e muito vozerio para ser algo cotidiano. Perguntou o que era. Disseram que Jesus de Nazaré passava pela cidade. Quando ele ouviu que era Cristo, começou a gritar desesperadamente: “Jesus Filho de Davi, tem misericórdia de mim!” O uso da expressão “Filho de Davi” revela que aquele homem conhecia a linhagem de onde nasceria o Messias. Quer dizer, ele acreditava pela história da Torá, que Jesus era o Redentor.

Algumas pessoas, quando ouviram seus gritos, mandaram que ele calasse a boca. Mas ele gritava mais e mais. E Cristo ouviu seus gritos e mandou chamá-lo. Nossa, quando ele soube que Jesus o chamava, não teve dúvida, largou a capa e rapidamente pôs-se em pé e foi na direção de onde vinha a voz de Cristo. Questionado sobre o que queria, respondeu: “Que eu volte a ver.”

Imediatamente, recuperou a visão. Pulou de alegria e junto com a multidão foi caminho a fora seguindo Jesus.

Lições que me ocorreram:

1 – Quanto tempo, das 24 horas diárias que tenho, gasto em conhecer mais sobre a minha dimensão espiritual?

2 – O quanto estou atenta aos acontecimentos que passam por mim? Será que já perdi oportunidades porque estava desligada ou distraída com coisas menos sem valor, e não vi as oportunidades que passaram por mim?

3 – Quanto de coragem eu tenho, para não calar a boca, diante daquilo que acredito?

4 – Estou disposta a deixar de lado coisas as quais estou apegada e correr na direção da Vida, que abre os meus olhos e me ajuda a enxergar?

5 – Eu sei exatamente o que quero para mim e para a minha vida, se for indagada?

Fiquei pensando que, Bartimeu seguiu a Jesus e alguns dias depois Cristo morre crucificado no Golgota. Imaginei a tristeza no coração dele, até saber da Ressurreição, de ver morrer como bandido aquele que lhe restituíra a visão.

15.abr.2011 -11h42

Anúncios