13 RAZÕES PORQUE NÃO TIRAR A VIDA DO CORPO.(Uma ótica cristã.)

Deixe um comentário

(Escrevi este texto como aula que dei, no mês de abril/17 para um grupo de adolescentes que fazem parte do 548 da CBMoema. Transcrevo aqui porque entendi que pode ser de interesse de outras pessoas.)

1 – SOMOS MORADA DE DEUS! Romanos 8.11

O Santo Espirito de Deus habita no corpo humano.

Deus criou o corpo no início. E Cristo disse que o Espirito Santo mora em nós. O corpo é sagrado. Não temos autorização para violar ou destruir a morada de Deus.

2 – NÃO PRECISO ME CASTIGAR! Isaias 53.5

O castigo que nos traz a paz estava sobre Ele, Cristo.

O autoflagelo está fortemente ligado ao sentimento de culpa e ao sentimento de dívida. É preciso pagar…

Não precisa!!! Já está pago. Isto é afirmado categoricamente. Há realmente um castigo que alivia a dor da psique. Mas este castigo já foi sofrido na morte de cruz em Cristo. Seja bondoso e misericordioso para com você mesmo.

3 – SOMOS OBRAS DE DEUS. Salmo 139.13

Deus criou o íntimo do meu ser e teceu o meu corpo no ventre da minha mãe.

Não somos obra do acaso. Deus falou: Haja eu!!! Houve um decreto no universo para que você existisse do jeito que você é. Não existe dois DNAs e nem dois digitais! Você é único, mesmo caminhando numa multidão. Se alguém lhe disse algo diferente, jogue fora esta fala.

4 – SOMOS PERDOADOS. TOTALMENTE! 1ª Carta de João 1. 9

“Se confessarmos nossos pecados ele é fiel e justo para nos perdoar de todo o pecado e nos purificar de toda injustiça”.

Não carregue culpa por nada. Carregar culpa é algo incoerente com o evangelho de Cristo. Confesse toda e qualquer culpa, verdadeira ou falsa, e João que foi amigo íntimo de Cristo, disse que vc será perdoado. Carregar culpa é a mesma coisa que montar um cavalo com um fardo nas costas. O preço já foi pago. Deus olha para sua ficha através do sacrifício vicário de Cristo, e não vê nada anotado. Está limpa. Confesse e aceite o perdão doado.

5- DEUS NUNCA ME ABANDONA. Salmo 27.10

“Ainda que meu pai e minha mãe me abandonem Deus não me abandonara.

Em toda a Biblia Deus tem um cuidado especial para com o estrangeiro, para com o pobre, com a mulher desamparada e nunca, mas nunca mesmo desampara o órfão!

Há muitas situações que colegas de escola, do trabalho, professores e pessoas insensíveis, as vezes movidas por inveja, vão zoar você. Vão menosprezar e farão de tudo para diminuir você. Lembre-se disto. O Pai (Deus) garante que ficará do seu lado e nnca, jamais o abandonará.

6 – TENHO TALENTOS ESPECIAIS E DONS! Romanos 12. 6 a 8

Deus nos deu talentos antes de nascer, e dons especiais quando cremos em Cristo.

E ainda nos dá maneiras únicas de realiza-los.

Uns são em especial sensíveis, outros falam bem, outros são extremamente simpáticos. Outros manejam bem as mãos; outros os pés. Outros são criativos; outros enxergam o que ninguém vê. Uns trabalham bem sozinhos; outros gostam de presença. Uns são dados a pesquisas outros a realizar. Uns são hábeis para as ciências exatas; outros para ciências humanas. Uns transitam bem no mundo dos poderosos endinheirados; outros caminham com os miseráveis nos becos dos “homeless”. Uns enfrentam os bandidos exploradores, sem medo; outros defendem a dignidade, muitas vezes, perdida, destes mesmos bandidos.

Lembre-se sempre disto: Aconteça o que acontecer há algo especial que só você tem.

7- ELE É MEU PROTETOR NAS TEMPESTADES DA VIDA! Salmo 57.1

Teremos dores e perdas. Sofreremos traições, injustiças, golpes, incompreensões e outras dores.

Enquanto for dada ao ser humano a liberdade de escolher o bem, muitos escolherão o mal e assim muitos inocentes serão vítimas deste mal. Até a natureza, uma vez que foi invadida pela humanidade pode nos dar golpes vingativos. Mas podemos nos proteger sob as asas do Pai, Deus.

Ele é meu protetor. Posso me esconder nele até as tempestades passarem.

8 – DEUS TEM PODER PARA ME GUARDAR! Judas 24

Ele é poderoso par anos guardar até o dia final.

Não preciso temer o futuro. Nem qualquer coisa que possa me atingir. Aconteça o que acontecer posso desenvolver a capacidade de desfrutar da presença de Deus em toda e qualquer situação.

9 – SOMOS ACEITOS POR DEUS. João 6.37

Somos aceitos por Cristo, como somos.

“Aquele que vier a mim de maneira nenhuma lançareis fora”. CJ

Não importa por onde você andou, nem quantas vezes fez coisas ferradas, nem quantos danos já causou a si mesmo e a outros a fala de Cristo é: VENHA! Do jeito que você está e Ele é capaz de aceita-lo.

É Graça. Não precisa pagar promessa, e nem pagar nada. É só ir como está…e o novo pode surgir!

10 – CRISTO É FONTE DE DESCANSO E ALIVIO.

Mateus 11.28

“Vinde a mim todos que estão cansados e oprimidos e eu vos aliviarei. Aprendam de mim, que sou manso…e meu jugo é suave; meu fardo é leve”

Quando estamos cansados e oprimidos, seja lá qual for a razão, podemos ir a Cristo e encontramos alivio.

Ao contrário da religião cheia de regras, o verdadeiro cristianismo é um lugar de refrigério e consolo. É um lugar de leveza e acolhimento. Não confunda regras religiosas criadas pelos homens que trazem condenação e exigências absurdas com o convite de caminhar na contracultura com Cristo.

  1. DEUS PODE FAZER NOVOS CAMINHOS SE TUDO ACABAR, Isaiais 43.9

Deus é poderoso para fazer novos caminhos, mesmo que seja no deserto. Mas Ele só pode fazer o novo se o corpo continuar vivo.

É preciso sentir a perda e se despedir do que se foi. E estar pronto para recomeçar com o que estiver disponível!

Exemplo do Lars Grael que perdeu uma perna. Chorou por ela, mas chegou um momento que ele se despediu da perna que não mais existia e colocou seu foco no corpo que ainda tinha.

A vida é uma só e ela está no corpo. Mesmo para quem crê na reencarnação, a vida presente continua sendo através do corpo. Destruí-lo é abrir mão de toda e qualquer esperança para as possibilidades de começo em novos caminhos.

  1. SOMOS VALIOSOS AOS OLHOS DE DEUS. Mateus 6.25 e 26

Valemos mais que passarinhos. Muito mais!!!

A crença de que não se tem valor é mentirosa. Quem lhe fez sentir sem valor, errou absurdamente. O simples fato de você respirar o oxigênio do ar já é um sinal de que você tem valor e tem a sua disposição a bondade de Deus.

  1. VOCÊ NÃO É IDIOTA. DEUS NOS FEZ FILHOS! João 1.12

Carregamos o DNA de Deus. Temos parte da identidade dÊle.

A vida tem sentido! Você não é o resultado de um descuido. Há um significado pra você! Não permita que a morte precoce deixe um vácuo no sentido não concluído neste mundo.

Viva!!!

Suicídios na Bíblia

Judas: Mateus 27. 1 a 5 Atos 1.18/19

Judas se matou por causa da culpa…

Saul I livro de Samuel 31 1 a 5 e I Crônicas 10. 4 a 6

Saul percebeu que sua morte seria eminente e a antecipou.

DIÁLOGO SOBRE O SUICÍDIO

A morte é um assunto evitado na atualidade.

Tanto que crianças nunca participam dos rituais de velórios.

Batemos na madeira quando se fala em morte…

E falar sobre a realidade da morte e a finitude da vida aqui é a possibilidade de se viver melhor!

As mortes trágicas chocam muito…

Suicídio é uma morte trágica.

E, claro, se não falamos em morte natural, evitamos a todo custo o assunto suicídio.

A dor do suicídio é difícil de administrar, porque o assassino e a vítima estão na mesma pessoa!

Os sentimentos são intercalados entre compaixão e raiva.

E aqueles que estão bem próximos sofrem a dor da perda e a angústia da culpa.

Onde foi que eu errei? É a pergunta que parentes e profissionais próximos fazem

Obs: Na série 13 reasons why percebe-se um jogar a culpa no outro.

O que aconteceu?

Um assunto nunca falado de repente foi escancarado nas redes sociais.

O que tem de positivo nisto?

Em muitos meios o assunto está sendo ventilado e discutido.

E A MELHOR MANEIRA DE SE EVITAR E SE PREVENIR A RESPEITO DO SUICÍDIO É CONVERSAR SOBRE O ASSUNTO E NÃO PROIBIR OU NUNCA ABORDAR.

PERGUNTA:

Você conhece alguém que se matou?

Por que você acha que esta pessoa se matou?

CONSIDERAÇÕES SOBRE SUICÍDIO:

1 – Suicídio pode ser a resposta a determinada situação. Mas não é a única.

Os colegas de Hannah, também tiveram experiências doloridas e acharam outra forma de responder. Pode-se conversar, brigar, denunciar, afastar, buscar ajuda com pessoas for do contexto em que se vive…

 

2 – A morte por suicídio não é solução para problemas difíceis. É apenas um jeito de transferir o problema para outros.

O melhor caminho de solução para uma dificuldade é encarar a dificuldade e pedir ajuda. É bem melhor do que simplesmente sair de cena.

Suicídio levanta muito mais problemas… Então não é uma solução inteligente.

Menino de 11ª, que viu o ultimo capitulo da série.

Perguntei: O que vc achou? Ele respondeu: Ela não foi muito inteligente…

3 – A possibilidade da morte como suicídio começa com o desejo de morrer (ideação) e pode ir se desenvolvendo até o planejamento de dar cabo a própria vida.

Há personagens na Bíblia que tiveram o desejo de morrer. Mas não se mataram:

Moisés: Numeros 11. 11 a 15 – Quando percebeu o peso de ser líder de um povo.

Elias: I Reis 19.4 Quando recebeu um ultimato para deixar o país, com risco de perder a vida.

Jó:  3.11 e  6.8e9 – Jó quando perdeu bens, os filhos e a saúde…

Cristo: Mc 14.34 – Quando percebeu que o caminho da cruz seria dolorido demais.

Nenhum destes percorreram o caminho que leva ao suicídio.

O que é necessário, para que busquemos outras alternativas?

Hannah fala em mais de um episódio que ela se sente só e invisível.

Então pode existir uma gama de sentimentos e percepções de si mesmo que podem deixar uma pessoa vulnerável no trato com os problemas e as maldades da vida.

Algumas perguntas podem ajudar a avaliar como você se vê.

Eu me sinto amado e querido?

Sou importante para alguém?

Eu me vejo com algum valor?

Quais situações e coisas da minha vida de que não gosto?

 

Anúncios

NATAL 2016

2 Comentários

CRISTO JESUS:

Muitos acreditam que Cristo era Deus feito humano, outros não.

Muitos acreditam que Cristo nasceu de uma virgem; outros não.

Muitos acreditam que Ele não casou; outros, que Ele teve amante…

Muitos acreditam que era Ele era o Messias prometido, outros não.

Muitos acreditam que Ele transformou água em vinho e ressuscitou pessoas, outros não.

Muitos acreditam que Ele foi condenado a morte de cruz pelas mazelas do ser humano, outros não.

Muitos acreditam que Ele ressuscitou, deixando o túmulo vazio, outros não.

Muitos esperam por Sua volta, outros não.

Mas há um fato que todos concordam: Ele existiu, caminhou entre os seres humanos e marcou o calendário. Antes e depois dEle.

E tem uma coisa que eu tenho certeza, mesmo que todos duvidem: A minha vida foi impactada e radicalmente mudada por Cristo. Busco nEle a referência que tento viver em todos meus relacionamentos.

FELIZ NATAL!

Esther Carrenho

SOLIDÃO

Deixe um comentário

Sozinhos na Solidão

Antes de qualquer coisa, é importante deixar claro que existe o estar sozinho e a solidão. Podemos ficar sozinhos por circunstâncias da vida. É a situação da pessoa idosa que perde o cônjuge, por exemplo. Sozinhos também ficam aqueles que se separam ou as pessoas que saem de sua terra para residir no exterior. Há ainda os casos de enfermidades crônicas e de longa duração, pelas quais, depois de algum tempo, o enfermo não é mais o foco de atenção. Penso que Paulo experimentou esse tipo de solidão quando estava preso em Roma. O apóstolo relata, na carta que escreveu ao jovem Timóteo, que fora abandonado por diversas pessoas que estiveram presentes em outros momentos de sua vida. Demas foi um deles – ele fora atraído pelos apelos do mundo e abandonara a vida cristã ao lado de Paulo. Crescente e Tito tinham viajado em missão para outras cidades, e Alexandre acabou lhe causando muitos males. Paulo, então, se vê só e desamparado, e expressa isso em sua carta.
Podemos, também, decidir por um tempo de afastamento das pessoas do nosso convívio rotineiro. São opções da pessoa em busca de um tempo de solitude e silêncio para consigo mesma ou na tentativa de ampliar as experiências espirituais e ter um contato maior e mais profundo com Deus. A diferença é que, na primeira, a pessoa corre o risco de ficar abandonada, experimentar um desamparo real e até passar por privações – principalmente, no caso de situações onde a presença de alguém como companhia é uma necessidade. No segundo, pode até haver alguma aflição na busca pelo silêncio e solitude, mas é um tempo em que a pessoa escolheu e se permitiu o estar a sós. Na solitude, há a possibilidade da descoberta de novos horizontes, novas percepções e novas aquisições, que poderão ser sedimentadas na vida. Então, se estar só pelas circunstâncias da vida pode levar ao enfraquecimento e à debilidade, permanecer em solitude pela própria escolha leva à possibilidade de fortalecimento e de aquisição de um novo ânimo, de novas forças.
O detalhe é que estar em solidão nem sempre tem a ver com ter ou não ter companhia. A solidão é um estado que invade o ser humano sem pedir licença e traz a sensação horrorosa de abandono e impotência. Tal sensação pode acontecer com qualquer pessoa, mesmo que ela não esteja só – e, talvez, sentir-se só quando se está acompanhado seja muito mais dolorido ainda. Logo, essa sensação de solidão não tem a ver somente com o fato de se ter ou não ter companhia ou com a história de vida do indivíduo, mas, também, com a própria existência. Somos solitários, e muitos atos inerentes à vida são solitários! Muitos solitários, na verdade, estão é tentando fugir de si mesmos, e, é claro, nunca vão conseguir. O melhor a fazer nestas situações é entrar no processo de reconciliação para consigo mesmo. Quem alcança a amizade consigo mesmo vive melhor em sua própria companhia. Assim, até mesmo a solidão, quando chega, pode ser bem vinda!
A solidão, em si, não é maléfica, mesmo que dolorida. Porém, uma pessoa, na tentativa de fugir do sofrimento que a solidão acarreta, pode buscar meios e caminhos destrutivos, como drogas ou álcool, excesso de medicação, vida sexual desregrada, fanatismo religioso ou trabalho exagerado. Todas essas coisas trazem conseqüências desastrosas e não resolvem absolutamente nada quanto à sensação de solidão. Pelo contrário – são opções cujos efeitos, uma vez terminados, atiram o indivíduo em uma sensação de solidão ainda maior, além de provocar o afastamento até mesmo das pessoas que lhe estavam próximas.
É na história de Paulo que podemos tirar algumas lições de como lidar com o estar só e com a solidão. Ao amigo Timóteo, além de relatar sua situação e confessar o abandono em que se encontrava, ele pede a presença dele e a de Marcos, outro amigo que lhe seria útil. E ainda alista coisas que ele precisava, como livros e uma capa para se aquecer no frio da masmorra. Vale lembrar, acima de tudo, Cristo experimentou a mais terrível solidão no Calvário, a ponto de bradar em alta voz e questionar o pai pela razão de tal abandono. Ora, se o caminho da solidão já foi trilhado pelo Deus feito homem, então também podemos atravessá-lo e chegar ao outro lado mais integrados e com mais recursos para caminhar com outros solitários.

Artigo publicado em outubro de 2012 na minha coluna da Revista Cristianismo Hoje: cristianismohoje.com.br

DAMASCO, SÍRIA

Deixe um comentário

De Paulo de Tarso a Klester Cavalcanti

Acabei de ler o livro “Dias de Inferno na Síria”, onde o autor, Klester Cavalcanti, conta sobre sua viagem a Síria com a intenção de ver de perto e relatar a guerra entre o Exercíto que apóia o governo do presidente Bashar al-Assad e o Exercito livre da Síria formado por civis e militares que são contrários ao governo.

Enquanto lia todas as atrocidades cometidas contra a população indefesa (calcula-se que mais de 20.000 pessoas foram executadas no período de um ano e mais de um milhão estão refugiados) e contra os estrangeiros que tentam chegar para contar ao mundo o que acontece, fui sendo tocada de modo especial pelo que acontece naquela região desde sempre.

Lembrei de Paulo de Tarso, que no ano 31 d.C. também viajou rumo a Damasco com a intenção de aprisionar e levar para Jerusalém, todos os cristãos que encontrasse em Damasco.
Paulo teve uma experiência tão marcante, quando se aproximava de Damasco, que não teve outra alternativa, a não ser, reconhecer que Cristo Jesus lhe aparecera se revelando como Senhor e Redentor. Paulo, que perdera a visão é levado para Damasco onde recebe a visita de Ananias. Paulo recupera a visão depois da oração de Ananias, é batizado como cristão, come e recupera as forças. E sua vida muda radicalmente. Ele deixou de prender e de consentir que pessoas fossem assassinadas por causa da fé que professavam.

Klester fica preso em Homs. Experimenta na própria pele o tratamento desumano que é dispensado na prisão. Alimenta-se pouco da lavagem disponível para alimentação da sua cela.Não se banha e também perde o vigor físico. Milagrosamente é liberto, volta para Damasco e lá volta a se alimentar com dignidade e recupera o animo e as forças físicas. Com certeza sua vida nunca mais será a mesma!

Que lugar é este, onde parece que o Todo Poderoso se manifesta de uma forma tão viva, ao mesmo tempo, que tantas vidas são sacrificadas inocentemente?

Que lugar é este onde Paulo de Tarso é visitado pela Força que transcende e Klester é cercado e servido por anjos enquanto preso, e tantos outros morrem injustamente?

Não sei. Não entendo. Quem sabe um dia a eternidade me revelará!!!

PÁSCOA 2012

8 Comentários


Não consigo deixar de pensar nos significados das comemorações cristãs. E hoje comemoramos a ressurreição de Cristo. A fé cristá descoberta pelo meu pai, antes do meu nascimento, mudou radicalmente a minha história. Uma boa parte dos meus antecedentes eram irresponsáveis com os filhos, tinham várias mulheres e muitos eram alcoolistas. Alguns eram bandidos e assassinos. Eram violentos. Todos tinham nomes feiosos e sem significado. Ninguem estudava, tinham escassez de tudo e viviam na mais terrível miséria. Com o advento do cristianismo na vida do meu pai. Tudo mudou: ele se alfabetizou, documentou o nascimento de todos os filhos, escolheu nomes com cuidado e significado. Exigiu que todos estudassem, mesmo as meninas (pratica que não existia no contexto dele) e era rígido com a desonestidade com a vadiagem e falta de compromisso. Cresci no contexto de que havia um Deus resgatador. Houve um momento na minha vida que não tive para onde ir a não ser reconhecer que Cristo Jesus vive! Hoje eu continuo crendo e creio, também em todos os mistérios(o que não dá para explicar na fé cristã) e muitas coisas se fizeram e ainda se fazem novas na minha vida. Portanto minha meditação nesta páscoa, novamente, é sobre Maria de Magdala, para mim “a mulher que viu”.

MARIA MADALENA: O MELHOR ENCONTRO

Ela nasceu em Magdala e porisso ficou conhecida como Maria Ma(g)dalena.

Ela foi libertada por Cristo, da opressão mortal de sete espíritos malignos.(Lc 8.2) E desde então O seguia, nas curtas viagens que fazia, servindo-o com seus bens. Por causa disto até hoje muitos afirmam que ela tinha um caso com Cristo. O que não passa de difamação, uma vez que as escrituras registram apenas a grande afeição que ela tinha pelo seu Salvador e libertador.

Depois de Maria, mãe de Jesus, ela foi a mulher que mais se preocupou e mais esteve presente na crucificação, morte e sepultamento de Cristo. Ficou ali no Golgota até o fim. (Jo.19.25) E quando  José de Arimatéia, no final do dia de sexta-feira, conseguiu autorização para sepultar Jesus, Maria Madalena o acompanhou e observou com muito cuidado onde o corpo fora colocado.(Mt.27.61) Maria foi para casa preparar as especiarias que ela usaria para terminar o trabalho de embalsamamento. No domingo, Maria levantou bem cedo e com outras mulheres, foram até o sepulcro.(Mt.28.1) Ficou muito assustada quando deparou com o túmulo vazio. Correu para chamar Pedro e João, que vieram ao local e constataram que o corpo não estava lá. Os dois voltaram para casa, mas Maria ficou ali sentada, chorando desconsoladamente.(Jo.20.1 a 12)

Para ela era frustrante demais não poder prestar seu último serviço Aquele que tanto fizera por ela. Todos se foram, mas ela chorando, ainda insistia em localizar o corpo de Cristo  para levá-lo consigo.

E é o próprio Cristo que se apresenta, chamando-a de forma afetiva e dando a ela a mensagem mais impactante e transformadora de todos os tempos.

Maria Madalena foi e anunciou: “EU VI O SENHOR! ELE ESTÁ VIVO!”

Maria amou profundamente a Cristo até na morte. Buscou o corpo morto e se encontrou com o Cristo vivo. Chorou toda sua dor pela morte mas recebeu em primeiro lugar a notícia da Vida.

Meu desejo: Que eu tenha a mais profunda afeição por Cristo Jesus, que me resgatou e me libertou de uma vida sem sentido e medíocre. E que mesmo que todos desistam, indo embora, que eu permaneça até encontrar o Senhor da Vida.